Logo
Municípios

QUARTETO É PRESO POR ENVOLVIMENTO NA DECAPITAÇÃO DE UMA MULHER

Quatro pessoas foram presas pela Polícia Civil na manhã da quinta-feira (2), suspeitas de participação na morte de uma mulher identificada como Jakeline de Oliveira Sousa(23), que teve a cabeça decapitada por integrantes de uma facção criminosa que atua da região da Vila Samara, zona rural de São Luís. O crime ocorreu no dia 12 de junho deste ano.

As prisões fazem parte da “Operação Ammit” que visa cumprir mandados de prisão e mandados de busca e apreensão no âmbito de investigações de crimes de homicídios. A operação contou com a participação de policiais civis da Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP) e do 12º Distrito Policial do Maracanã.

Após os procedimentos de praxe (cumprimento do mandado e interrogatório) os presos devem ser encaminhados ao sistema penitenciário. Alguns objetos foram apreendidos durante a operação, e estes serão analisados a fim de aprofundar as investigações.

VITÓRIA DO MEARIM – ASSALTANTE DE BANCO MORRE EM CONFRONTO COM A POLÍCIA

Na tarde da última quinta-feira (2), a Polícia Civil dando continuidade na elucidação do assalto contra a agência do Bradesco do município de Vitória do Mearim no último dia 25 agosto, conseguiu identificar e localizar um dos envolvidos no crime.

Uma equipe da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) que está na cidade desde o dia do ato criminoso, durante uma varredura por regiões do município, conseguiu visualizar o criminoso que estava próximo a uma linha férrea. Durante a abordagem, o criminoso reagiu ao fazer um disparo de arma de fogo contra os policiais, ocasionando no revide em legítima defesa por parte dos policiais que o atingiram com um disparo. O mesmo foi encaminhado para o Hospital Municipal de cidade, porém veio a óbito.

Segundo o superintendente da SEIC, Ederson Martins, o criminoso estava com uma mochila onde policiais conseguiram apreender mais duas pistolas .40, além da que ele portava do confronto (um total de três), um revólver calibre 38, que pertencia a um dos vigilantes mortos no dia do crime e algumas roupas que segundo as investigações, seria dos demais integrantes da quadrilha.

A Polícia Civil do Maranhão continua o cerco policial na região no intuito de identificar e localizar os demais membros da quadrilha.

Aberto edital para submissão de trabalhos no II Seminário de Socioeducação do Maranhão

A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), por meio da Escola de Socioeducação do Maranhão (ESMA), lançou edital para a submissão de trabalhos técnico-científicos na área da Socioeducação. As inscrições estão abertas até o 12 de setembro, para apresentação no II Seminário de Socioeducação.

O evento visa possibilitar a troca de experiências, a produção de conhecimentos na área da Socioeducação, bem como fortalecer a articulação do atendimento socioeducativo em meio aberto e fechado, de modo especial, no Estado do Maranhão.

Os trabalhos serão apresentados, em setembro, no II Seminário de Socioeducação do Maranhão: realidade e perspectivas contemporâneas para o atendimento socioeducativo. O evento será realizado no período de 28 a 30 de setembro de 2021, em plataforma digital.

O edital com as orientações para submissão de trabalhos está disponível no site da esma: esma.funac.ma.gov.br. Os interessados podem inscrever trabalhos sob o formato de artigo científico e relato de vivência.

O seminário vai abordar os eixos de Gestão do Atendimento Socioeducativo, Segurança Socioeducativa, Intersetorialidade das políticas públicas na Socioeducação, Práticas Restaurativas, Metodologia do Atendimento Socioeducativo e áreas afins (Direitos Humanos, Comunicação, Sociologia, Antropologia e outras, desde que relacionadas às medidas socioeducativas em meio aberto e fechado).

ARAIOSES – TRÊS PESSOAS SÃO PRESAS POR UTILIZAREM DINHEIRO FALSO

Na tarde da última quarta-feira (1°), a Polícia Civil do Maranhão, conseguiu prender em flagrante dois homens e uma mulher que estavam passando dinheiro falso nos estabelecimentos da cidade de Araioses.

A polícia tomou conhecimento do fato após uma das vítimas procurar a sede da Delegacia de Araioses, dando detalhes sobre o fato e os autores do crime. A Polícia Civil diligenciou e encontrou o veículo onde estava o grupo criminoso, o qual foi abordado. Para garantir a detenção do trio, a Polícia Militar foi acionada para prestar apoio.

Durante a abordagem, os policiais localizaram encontradas cédulas falsas tanto na posse do grupo quanto no forro do veículo, somando mais de 8 mil reais em notas falsas. Após prestar seu respectivo depoimento na delegacia, o trio foi encaminhado a uma Unidade Prisional da Região onde deve aguardar um parecer do Poder Judiciário.

COROATÁ – HOMEM É PRESO POR AGREDIR MULHER

Um homem de 22 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil na tarde da última quarta-feira (1º), pelo crime de lesão corporal grave contra a sua própria companheira no município de Coroatá.

O delegado titular da cidade, Rafael da Rocha, informou que o preso agrediu a mulher com uma pedaço de madeira com golpes na região da cabeça. O autor do crime foi localizado e preso no Mercado Central da cidade.

O indivíduo foi autuado pelo crime no âmbito da Lei Maria da Penha, pois colocou em perigo a vida para vítima.  O preso foi encaminhado ao presídio e ficará à disposição da justiça.

Abertas inscrições para editais de Patrimônio e Fotografia da Lei Aldir Blanc

Proponentes tem até o dia 15 de setembro para cadastrar propostas na plataforma
(Foto: Rodrigo Ribeiro)

A Secretaria de Estado da Cultura está com inscrições abertas, de quarta-feira (1º) até o dia 15 de setembro,  para os editais Conexão Cultural Fotografia e de Patrimônio, da segunda fase da Lei Aldir Blanc no Maranhão. Esses editais estão entre os 11 novos certames lançados pela Secma, na segunda fase de aplicação de recursos da Lei (14.017/20) no estado, e estão disponíveis para acesso público no site da Secma (cultura.ma.gov.br), onde constam todas as regras para participação. As inscrições e cadastros devem ser feitos somente na plataforma leialdirblanc.secma.ma.gov.br.

Patrimônio

Para o edital de Patrimônio serão selecionadas 1.000 (mil) propostas de produções artísticas inéditas voltadas para as linguagens que integrem o Patrimônio Cultural Imaterial, as Culturas Populares e Culturas Tradicionais, visando a preservação, promoção e difusão destas manifestações, conforme o que está previsto no edital. Entende-se por apresentações artísticas inéditas toda e qualquer obra artística que não tenha sido publicada. As premiações no edital de Patrimônio são de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) por proposta selecionada.

Conexão Fotografia

O edital Conexão Cultural Fotografia vai premiar os melhores conjuntos fotográficos que ilustrem cenas da cultura e turismo, fauna e flora local, ou que englobem as diversas linguagens de artes do estado do Maranhão. Serão selecionadas 100 (cem) produções artísticas, premiadas com R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

Governo e Equatorial firmam acordo para expandir acesso a desconto na conta de luz

Reunião entre Governo e concessionária resultou na assinatura de termo de cooperação (Foto: Nael Reis)

O Governo do Maranhão e a Equatorial Energia, que controla a distribuição de energia em todo o estado, assinaram na quarta-feira (1º) um termo de cooperação para busca ativa de potenciais beneficiários dos programas Tarifa Rural e Tarifa Social, que concede descontos escalonados na conta de luz.

Pelo acordo, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disponibilizará sua base de dados para que a Equatorial cruze as informações com seus cadastros, encontre novos consumidores que se enquadram no Tarifa Social, e repasse os nomes para a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), que fará o contato com os futuros beneficiados, explicando como eles podem se cadastrar no programa.

Segundo Carlos Lula, secretário de Saúde, a cooperação é fundamental para permitir “um simples caminho inverso” no cadastro e o aumento do número de beneficiados. “Em vez da família procurar a Equatorial pra ter acesso a Tarifa Social, a Equatorial, com base nos dados que a gente já tem no Sistema Único de Saúde, vai conseguir encontrar essas famílias que às vezes nem sabem que têm direito a esse tipo de desconto”, esclarece.

Em outra frente de trabalho, a distribuidora de energia desempenhará esforço conjunto com a Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima) e Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp) para implementar medidas que visem cadastrar novos consumidores, tanto no Tarifa Social como no Tarifa Rural.

Levantamento da Equatorial aponta que o Maranhão possui 958 mil famílias no Tarifa Social, alcançando cerca de 5 milhões de pessoas, mas 229 mil ainda podem receber o benefício, sendo que 92 mil residem na zona rural. O calculo é que, de modo geral, 240 famílias da zona rural podem receber algum tipo de desconto na conta de luz.

Sérvio Túlio, presidente da Equatorial Energia, explica que o objetivo é colocar o Maranhão como o estado que tem o melhor índice de aproveitamento dos benefícios. “Trata-se de uma parceria público privado que busca ampliar a nossa base de cadastro de clientes que fazem jus à Tarifa Social de energia elétrica. Então, é um benefício que muitos maranhenses ainda têm direito e a gente precisa identificar quem são. E essa parceria vai permitir cada vez mais a gente atingir os números que permite colocar o Maranhão com o estado e a federação com o melhor índice de aproveitamento deste indicador”, completou.

O governador Flávio Dino foi o anfitrião do reunião, que teve ainda a participação dos secretários Rodrigo Lago (SAF), Sérgio Delmiro (Sagrima), o presidente da Agerp, Júlio Mendonça, e membros da Equatorial, como Francila Soares, gerente de relacionamento com clientes, Adaildo Andrade, executivo de gestão de cadastro, e Carlos Hubert, executivo de comunicação e marketing.

Inscrições abertas para a 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão

 

Com o tema “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), realizará a 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão entre os dias 5 e 8 de outubro.

Pelo segundo ano consecutivo, o maior evento de divulgação científica do Maranhão, será realizado na modalidade online. As inscrições para apresentação de atividades durante 18ª SNCT/MA já estão abertas no site www.semana.secti.ma.gov.br. Serão aceitas propostas de professores e pesquisadores da educação básica e educação superior, estudantes em coautoria ou orientação de professores e pesquisadores, instituições de ensino ou pesquisa, instituições histórico-culturais, sociedade civil organizada, movimentos sociais, empresas, pessoa física envolvida com ciência, tecnologia e inovação. As atividades poderão ser: pôster, conferência-palestra, minicursos

A 18ª SNCT/MA tem como objetivo promover a difusão e popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação, incentivar a interação entre academia, setor produtivo e população, além de dar visibilidade à produção de conhecimento local.

As inscrições seguem até o dia 14 de setembro no site do evento (www.semana.secti.ma.gov.br).

SNCT

Estabelecida por decreto em 2004, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tem o objetivo de aproximar a ciência e a tecnologia da população. A ideia é criar uma linguagem acessível, com soluções criativas que estimulem a curiosidade e motivem a população a discutir as implicações sociais da ciência e aprofundarem seus conhecimentos.

A SNCT é realizada pelo MCTI em parceria com secretarias estaduais e municipais, agências de fomento, espaços científico-culturais, instituições de ensino e pesquisa, sociedades científicas, escolas, órgãos governamentais, empresas de base tecnológica e entidades da sociedade civil de todo o país.

Municípios maranhenses recebem Mutirão da Vacinação contra a Covid-19

Com a realização dos Mutirões da Vacinação, o Governo do Maranhão segue atuando em parceria com os municípios maranhenses que ainda não começaram a vacinar o público de 18 anos contra a Covid-19. Nesta terça-feira (31), os municípios beneficiados com a ação foram São Raimundo das Mangabeiras e Urbano Santos.

Em São Raimundo das Mangabeiras, as ações aconteceram na U.E São Raimundo Nonato, das 8h às 18h. O governador do Maranhão, Flávio Dino, e o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, acompanharam a vacinação no município.

“Estamos trabalhando em parceria com os municípios no avanço da vacinação para que o Maranhão se torne o primeiro estado do país a concluir a imunização da faixa etária de 18 anos ou mais. O Governo do Estado não tem medido esforços para garantir que toda a população maranhense seja imunizada”, afirmou o secretário Carlos Lula.

Em Urbano Santos, o Mutirão da Vacinação aconteceu no Ginásio Bernardino Borges e teve como público-alvo pessoas de 18 anos ou mais. “Este é um trabalho muito importante, que realmente tem impactado no avanço da vacinação contra a Covid-19 no estado. A continuidade das ações garantem que mais pessoas sejam vacinadas contra a doença”, conta a Assessora Técnica da Secretaria de Estado da Saúde, Alana Cardoso.

Continuidade

As ações do Mutirão de Vacinação continuam nesta quarta-feira (1°), alcançando a população de 18 anos ou mais nos municípios de Junco do Maranhão e Governador Edison Lobão. Em Junco do Maranhão, as ações acontecem na Praça da Bíblia, no centro da cidade, das 8h às 12h. Já na cidade de Governador Edison Lobão, o mutirão será realizado na Casa do Idoso, também no centro da cidade, das 8h às 17h.

Para a vacinação, devem ser apresentados um documento de identificação com foto, cartão de vacinação e cartão do SUS.

ARARI – Peixe-boi foi encontrado morto no rio mearim

Na segunda-feira (30) uma equipe do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), foi até a região do Baixo Mearim, na Comunidade Barreiros, no município de Arari, para atender a ocorrência de um peixe-boi marinho (Trichechus m. manatus) encontrado morto no Rio Mearim.

A ação coordenada pela bióloga e analista ambiental do ICMBio, Laura Reis, contou com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Arari, por meio do secretário César Ericeira, do secretário adjunto Luís Ericeira e do diretor de pesca do município de Arari, Eder Martins, além da colaboração de moradores da região, fundamentais para que as etapas desta ação fossem executadas com sucesso.

O mamífero aquático foi encontrado em estado avançado de decomposição, boiando próximo a uma vegetação conhecida como mururu. Para realização dos procedimentos técnicos, coleta de material biológico, realização de biometria e registro de fotográfico o animal foi levado para a margem do Rio Mearim, onde foi identificado que se tratava de um animal adulto, do sexo masculino, medindo aproximadamente 3 metros de comprimento.

Segundo a analista ambiental, Laura Reis, o monitoramento sistemático de encalhes desses animais é uma ação prevista dentro do Plano de Ação Nacional do Peixe-Boi-marinho. “O plano tem como objetivo reduzir os efeitos das atividades antrópicas sobre as populações naturais, ampliar o conhecimento aplicado a sua conservação e aperfeiçoar as ações de conservação”, explica.

As amostras e dados coletados serão encaminhados para o Centro de Mamíferos Aquáticos (CMA/ ICMBio) e Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) para análise da causa da morte.(Foto: Geylson Paiva / ICMBio São Luís)

A região onde foi localizado o peixe-boi marinho não é uma área especialmente protegida e administrada pelo ICMBio, porém, vale ressaltar, que a Costa Norte Maranhense é considerada uma das mais importantes regiões do país para a espécie. Tendo em vista que o peixe-boi marinho é uma das espécies criticamente ameaçada de extinção, a análise da causa da morte do mamífero aquático é essencial para manutenção da preservação do animal.

Para gestora do ICMBio São Luís, Karina Teixeira, ações desenvolvidas em parceria são essenciais para conservação do meio ambiente e preservação de espécies ameaçadas de extinção. “Infelizmente, somente este ano, tivemos 3 ocorrências de peixe-boi marinho encontrado morto no Maranhão. Porém, é importante destacar que a equipe do ICMBio em São Luís, juntamente com os comunitários e gestores municipais, formam uma rede de apoio com o objetivo de atender as demandas do Estado e no desenvolvimento de programas e projetos de pesquisa para preservação da espécie”, pontuou a analista ambiental.

As amostras e dados coletados pela equipe do ICMBio São Luís, serão encaminhados para o Centro de Mamíferos Aquáticos (CMA/ ICMBio) e Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) para análise da causa da morte do mamífero ameaçado de extinção.