Logo
Municípios

Será inaugurada em Bom Jardim a Sala do Empreendedor

Na próxima sexta-feira (5), será inaugurada a Sala do Empreendedor em Bom Jardim (MA), uma parceria entre prefeitura municipal e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

A Sala tem a finalidade de incentivar a legalização de negócios informais, além de facilitar a abertura de novas empresas e a oferta de serviços aos donos de pequenos negócios.

Em Bom Jardim, o espaço vai funcionar em local cedido pela prefeitura, e o atendimento será realizado por um Agente de Desenvolvimento Local capacitado pelo Sebrae. Alguns dos serviços disponibilizados na Sala do Empreendedor são o repasse de informações e orientações sobre a abertura, funcionamento e formalização de empresas, e a capacitação de Microempreendedores Individuais (MEI).

De acordo com Wamberg Amaral, gerente da Unidade Regional do Sebrae em Santa Inês, que atende o município, o espaço vai facilitar o trabalho de incentivo aos micro e pequenos negócios, em especial, ao empreendedor individual, que encontrará na instituição um ponto de apoio importante para buscar conhecimento e se fortalecer.

Confirmaram presença no evento de inauguração, o Presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Maranhão, Raimundo Coelho, o prefeito de Bom Jardim, Francisco Alves de Araújo, além de outras autoridades locais e representantes de sindicatos e entidades comerciais.

SERVIÇO

O QUÊ? Inauguração da Sala do Empreendedor em Bom Jardim.

QUANDO? Sexta-feira (5), às 8h.

ONDE? Sede da Prefeitura Municipal de Bom Jardim (Av. José Pedro Vasconcelos, s/n).

Pindaré-Mirim será palco para a Exscol 2019, no próximo sábado, 6

No próximo sábado (6), a cidade de Pindaré-Mirim será sede para o evento cultura Exscol Pindaré. A cultura nerd e geek é um movimento que vem crescendo nos últimos anos na Região Vale do Pindaré.

O evento será realizado no Engenho Central, na cidade de Pindaré-Mirim, de 8h às 12hrs e com retorno das 16h às 21h, valendo ressaltar que haverá exibição de filmes, concurso de cosplays e ainda com a presença de desenhistas.

Seminário avançado para empreendedores será realizado em Santa Inês

O Seminário desenvolvido pelas Nações Unidas e executado com exclusividade no Brasil pelo Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas, é uma das ferramentas mais importantes de capacitação para quem pretender ser um empreendedor e reduzir os riscos inerente a abertura e condução de um pequeno negócio.

O Empretec desenvolve comportamentos empreendedores e também estimula o participante a identificar novas oportunidades de negócios a partir de um treinamento intensivo.  A metodologia é trabalhada em 60 horas, onde a pessoa é desafiada em atividades práticas, cientificamente fundamentadas, para desenvolver e exercitar comportamentos empreendedores, vivenciando e enfrentado situações rotineiras dentro de uma empresa.

A empresaria Aldrey Barbosa define o Seminário como um divisor de águas na sua trajetória profissional. “A partir do Empretec eu descobri minhas habilidades empreendedores e mudei minha visão de negócios, melhorando na tomada de decisões e no direcionamento das ações dentro da nossa empresa, eu recomendo essa capacitação a todo empreendedor que pretende ampliar não só os seus conhecimentos, como trabalhar de forma acertada para ter sucesso no negócio”. Pontua Aldrey.

Durante esta semana estão sendo realizadas as entrevistas dos candidatos ao Seminário, e a partir de terça-feira(09) começam as atividades em tempo integral, são seis dias de treinamento. Só na regional do Sebrae em Santa Inês quase 500 pessoas já foram capacitadas no Empretec

A primeira etapa enfrentada pelos empretecos é a entrevista, como explica o gestor de projetos do Sebrae Maranhão, Adalberto Fraga. “Está semana os candidatos estão passando pelo processo seletivo, é uma conversa com um especialista que os habilita a participarem do Seminário. Durante a realização do Empretec os participantes vivenciarão as 10 características do empreendedor de sucesso, que são: busca de oportunidades e iniciativa, persistência, comprometimento, exigência de qualidade e eficiência, busca de informações, estabelecimento de metas, planejamento e monitoramento sistemáticos, persuasão e rede de contatos e independência e autoconfiança, itens indispensáveis para quem quer ter sucesso no mundo dos negócios”, conclui Fraga.

Conselho Tutelar de Santa Inês pede a prisão de mãe negligente com filho

A Polícia Civil e o Conselho Tutelar do município de Santa Inês estão investigando o caso de uma criança de apenas dois anos de idade, deixada sozinha em casa por sua mãe e encontrada em estado de embriaguez, na tarde de terça-feira (2). De acordo com informações, ao chegar em casa, a mãe encontrou a criança desmaiada e pediu ajuda aos policiais que passavam pelo local – Sol Nascente, onde estes reanimaram a criança e solicitaram atendimento médico.

Ela conta que estava bebendo com uma colega e que saiu para comprar uma sopa para ele, e deixou a bebida na calçada e a criança ficou sozinha. E quando ela retornou, a criança estava na cama apagada e ela começou a gritar e graças a Deus, estava passando o pessoal da polícia que socorreu a criança”, explicou Cláudia Rodrigues, conselheira tutelar. O Conselho Tutelar pediu a prisão da suspeita, pois de acordo com relatos de vizinhos, essa não foi a primeira vez que a criança ingeriu bebida alcoólica.

A criança está fora de perigo e continua internada no hospital. Após ter alta, ele será entregue a uma tia, já que o pai dele está viajando.

Jovem morre eletrocutada em zona rural de Bela Vista do MA

Suene Maciel de 17 anos, foi vítima de uma descarga elétrica na manhã de terça-feira (2), no Povoado Arataui, zona rural do município de Bela Vista do Maranhão. “Ela era uma menina que não gostava de ver as pessoas tristes. Por onde ela andava ela espalhava alegria”, lembrou a amiga Stefane de Lara.

Informações repassadas à redação do ACORDA dão conta que `a adolescente estava lavando roupas e quando foi ligar a extensão, tocou com a perna em um fio desencapado. O Corpo de Suene ainda foi levado para o hospital em Santa Inês, mas não resistiu.

A comunidade ficou comovida com a morte da jovem.

MP discute políticas de prevenção ao suicídio

O Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos do Ministério Público do Maranhão promoveu reunião, na manhã desta terça-feira, 2, no auditório das Promotorias de Justiça da Capital, para recolher propostas de entidades e instituições que compõem o Fórum de Prevenção ao Suicídio e Valorização da Vida com o intuito de fundamentar a Política Estadual de Prevenção ao Suicídio.

A ideia é apresentar, em breve, ao Governo do Estado projeto de lei para a implementação do Plano Estadual, tendo como base a Lei Federal nº 13.819/2019, que instituiu a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.

Do Ministério Público do Maranhão, participaram do encontro as promotoras de justiça Cristiane Maia Lago (coordenadora do CAOp-DH) e Sandra Soares de Pontes (coordenadora do CAOp-Educação). Também compôs a mesa o médico psiquiatra Ruy Palhano.

Igualmente estiveram presentes representantes do Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado da Educação, Polícia Militar, Polícia Civil, Centro de Valorização da Vida (CVV), Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria Municipal de Saúde, Ministério da Saúde, Vigilância Epidemiológica e Sanitária Estadual, Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil, entre outros.

“Nós queremos criar, em nível estadual, uma lei semelhante à Federal, mas com as peculiaridades locais, para facilitar o nosso trabalho”, explicou a promotora de justiça Cristiane Lago.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública, foram registrados nove suicídios em São Luís, no mês de junho, e sete em Imperatriz. Mas representantes do CVV, presentes à reunião, informaram que o número de mortes decorrentes de suicídio na capital maranhense é muito maior, porque muitos casos não são confirmados.

Cristiane Lago ressaltou que um dos objetivos do Fórum é alinhar os dados das ocorrências para obter um panorama mais fidedigno do problema no estado. “Nós sabemos que existe uma subnotificação dos casos de suicídio, por conta de diversos fatores, incluindo o preconceito. Temos que conscientizar a sociedade sobre a gravidade da questão, que é de saúde pública, e da importância dos dados para fundamentar o trabalho preventivo”, enfatizou.

No encontro, o psiquiatra Ruy Palhano afirmou que os principais fatores para o suicídio são doenças mentais, uso de drogas ilícitas e lícitas (principalmente o álcool) e distúrbios psicossociais.

Sobre os casos de automutilação, foi informado, na reunião, que muitos estudantes locais estão recorrendo a práticas coletivas de autolesão. Além disso, muitos professores, gestores e servidores da área de Educação não possuem capacitação para lidar com o problema.

A promotora de justiça Sandra Pontes, coordenadora do CAOp-Educação, explicou que deverá ser desenvolvido um projeto pedagógico para a prevenção do bullying e da automutilação. “Sabemos da gravidade destes problemas e vamos trabalhar na esfera institucional para preveni-los”.

ATIVIDADE

Na ocasião, a promotora de justiça Cristiane Lago apresentou, ainda, o projeto “Rede do Bem: estamos aqui para ajudar”, um evento a ser realizado pelo Fórum durante todo o dia 10 de setembro, no Centro Cultural do Ministério Público e no Parque do Bom Menino, tendo como público-alvo estudantes das redes públicas estadual e municipal.

Com diversas atividades culturais, educacionais e desportivas, o objetivo do evento é sensibilizar a comunidade para a importância do trabalho de prevenção ao suicídio. A programação ainda será definida.

“Esta é uma causa muito nobre, muito sensível. Temos que nos unir para efetivar ações que possam contribuir para prevenir este grave problema”, concluiu a coordenadora do CAOp-DH.

O Fórum Maranhense de Prevenção ao Suicídio e Valorização da Vida existe desde dezembro de 2017.

Ex-prefeito de São João do Caru é condenado a cinco anos de reclusão

Após Denúncia do Ministério Público do Maranhão, o Poder Judiciário condenou o ex-prefeito de São João do Caru, Jadson Lobo Rodrigues, por dispensa ilegal de licitação e crime de responsabilidade (desvio de dinheiro público).

O réu foi condenado à pena de privação de liberdade em cinco anos e cinco meses de reclusão e outra de três anos de detenção, além do pagamento de 10 dias-multa. O valor do dia-multa foi fixado em cinco salários-mínimos.

A sentença, de 18 de junho, aponta que o ex-gestor contratou serviços contábeis sem procedimento licitatório e realizou transferências bancárias no valor de R$ 200 mil. Ele também realizou transferências bancárias de valores pertencentes ao Município para sua própria conta bancária e de pessoas ligadas a ele.

A justiça decretou a inabilitação do acusado, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, sem prejuízo da reparação civil do dano causado ao patrimônio público ou particular. Jadson Lobo Rodrigues foi condenado a reparar os prejuízos causados aos cofres públicos em R$ 1.449.875,47, valor referente às transferências ilegais subtraídas do patrimônio público municipal.

IRREGULARIDADES

 De acordo com o promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira, titular da Comarca de Bom Jardim, da qual São João do Caru é termo judiciário, em 2016, o então vice-prefeito Antônio Pereira da Silva formulou representação ao MPMA denunciando que o gestor teria realizado diversas compras sem o procedimento licitatório e anexou comprovantes de transferências bancárias.

O contador da Prefeitura, Hadad Mendes, contratado sem licitação, recebeu R$ 200 mil. A irmã de um empresário aliado político do ex-gestor, Sanmara Pinheiro, recebeu R$ 1.235.540,00. Além disso, Jadson Lobo recebeu R$ 6.255,47 em sua conta pessoal e a companheira dele, Thalia Ferreira, recebeu R$ 8.080,00.

O ANIVERSÁRIO DE MONÇÃO É SÓ ALEGRIA E ANIMAÇÃO!

Dia 16, abençoando a nossa terra, tem uma grande noite de louvor e adoração com um dos maiores nomes da música gospel de todos os tempos, Davi Sacer.

No dia 17, pessoas de toda a região se unem aos monçonenses para celebrar os 262 anos de nossa cidade ao som de Marcia Felipe, Guto Ximenes e Kabral.

Vem pra Monção!

Prefeitura de Igarapé do Meio realizou blitz de Conscientização de Combate ao Trabalho Infantil

Com o tema “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”, a prefeitura de Igarapé do Meio, por meio da Secretaria municipal de Assistência Social, em parceria com o Conselho Tutelar, realizou uma Blitz educativa de conscientização de combate ao trabalho Infantil. O evento aconteceu na manhã de quinta-feira (27), com concentração na praça do Retorno.

A ação foi em alusão ao 12 de junho, dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. Com o objetivo de conscientizar toda a população sobre os cuidados com as crianças e adolescentes, a equipe da secretaria municipal de Assistência Social, Serviço de Convivência e Coordenação do programa Criança Feliz, estiveram nas principais ruas do município com panfletos e adesivos.

A Secretária Municipal de Assistência Social, Geidilene Oliveira, juntamente com toda sua equipe realizaram durante todo mês de junho, trabalho de conscientização quando o trabalho infantil, com palestras, visitas domiciliares, e finalizaram com a Blitz educativa.

VILA JUNINA 2019 realiza o maior arraial da região

Ambiente agradável com barracas padronizadas, uma linda decoração, várias apresentações culturais, grandes atrações musicais, concurso de quadrilhas e uma multidão de pessoas, foi assim que a Prefeitura de Igarapé do Meio, por meio da Secretaria municipal de Cultura, realizou pelo terceiro ano consecutivo, a Vila Junina 2019, o Arraial que já é referência em toda a região. Foram 6 noites de muita festa com apresentações locais e regionais, e no último dia houve o tradicional concurso de quadrilhas, com premiações em dinheiro.

O 1º Lugar ficou para a quadrilha Chapéu Junino de Santa Inês, que recebeu o título de bicampeã e R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais); a 2ª colocada foi a quadrilha Junina Encanto de Tufilândia, que recebeu a premiação de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) e em 3º Lugar a quadrilha Fulô de Mandacaru de Zé Doca, que recebeu R$ 1.000,00 (um mil reais).
A equipe da Secretaria Municipal de Cultura pensou em tudo, nos mínimos detalhes, para proporcionar aos brincantes um local seguro e atrativo. O prefeito Almeida Sousa e a primeira-dama, Solange Araújo, juntamente com a equipe de secretários e vereadores estiveram presentes durante todo o período da Vila Junina.

O deputado federal Josimar Maranhãozinho e a deputada estadual Detinha também prestigiaram o evento e parabenizaram o prefeito Almeida pela excelente organização.

Parabéns a todos os envolvidos na realização desta grandiosa festa.